Clube propõe aproximar estudantes do vasto mundo do audiovisual. 

Nos primeiros meses após o retorno à presencialidade, os estudantes puderam vivenciar uma aproximação com o “mundo do audiovisual” nas aulas do Clube de Produção Audiovisual, que neste ano estão sob a coordenação do professor de Música, Lucas Kinoshita. Agora, com o encerramento do período de inscrições, estudantes de 6º ano ao Ensino Médio irão conhecer ferramentas, debates e produtos da área, quinzenalmente, no período da tarde, com turmas às 15h10min e às 16h nas quartas-feiras. 

O professor, que possui um estúdio – o Tamborearte –  há 12 anos, onde trabalha com produção audiovisual e trilhas sonoras, afirma que o currículo do Clube será fruto de uma construção coletiva com os estudantes. “A ideia é criar um espaço onde possamos trocar conteúdos ligados a conceitos, softwares, aplicativos para celulares, técnicas de filmagem e conhecimentos relativos às camadas sonoras do mundo audiovisual”, salienta Lucas Kinoshita. 

Nos primeiros encontros do Clube, os estudantes, junto ao professor, compartilharam produções próprias e apreciaram outras, para na prática explorar assuntos de interesse do grupo. A ideia, conta o músico, é que o grupo possa produzir o máximo de produtos audiovisuais possíveis, com materiais individuais e coletivos . Contudo, o foco não está no resultado, e sim no processo.

As ferramentas que serão utilizadas no Clube são as mais diversas, inclusive muitas delas os/as estudantes que trazem para as aulas. Como o Clube está iniciando as atividades, o grupo utiliza  recursos simples e de fácil alcance, como os celulares/smartphones e aplicativos de edição mobile. Com o tempo, o professor acredita que possam explorar câmeras, microfones e ilhas de edição de áudio e vídeo. 

Total
0
Share