Estudantes se classificam para a 2ª fase da Olimpíada Nacional de Ciências

Dez estudantes do 6º ano do Ensino Fundamental até a 1ª Série do Ensino Médio do Colégio João XXIII estão classificados para a 2ª fase da Olimpíada Nacional de Ciências (ONC), que integra o Programa Ciência na Escola (PCE). Dentre os objetivos da Olimpíada estão: aproximar as instituições de ensino superior, os institutos de pesquisa e sociedades científicas das instituições do ensino médio e do ensino fundamental, bem como, identificar estudantes talentosos e incentivar seu ingresso nas áreas científicas e tecnológicas.

Segundo o professor de Ciências, Bruno Correia de Oliveira, a Olimpíada Nacional de Ciências é uma oportunidade para que os estudantes possam organizar seus cronogramas de estudos e, a partir das habilidades desenvolvidas ao longo da escolarização, sistematizar seus conhecimentos durante a resolução de problemas propostos na olimpíada. “Acredito que é papel da escola mostrar que o estudante pode ir muito além do que ele pensa ser o seu limite no presente. Instigar a busca de novos horizontes começa pelo desafio e pela coragem de ao menos tentar”, constata.

O Colégio João XXIII iniciou sua caminhada na olimpíada no ano de 2020, durante a Pandemia. Foram nove estudantes inscritos e, ao final, o resultado foi muito significativo, com três medalhistas e dois estudantes receberam menção honrosa. Já no segundo ano, o Colégio teve um número maior de inscritos e 10 estudantes chegando na 2ª fase.

“Essa 2ª fase representa determinação e ousadia. A Olimpíada não é uma prova fácil, exige muito do estudante tanto em questões cognitivas como em socioemocionais. Ver os estudantes chegando nessa outra etapa ressalta os frutos do seu comprometimento com a vida de estudante e sua vontade de transcender os muros da escola, mostrando que o Colégio não prepara apenas para demandas que estão num futuro, mas para desafios que acontecem no momento presente e permitem que o estudante possa cada vez mais conhecer a si mesmo”, salienta o professor.

A olimpíada é composta por duas etapas, sendo nos últimos dois anos realizadas de forma virtual. A primeira etapa ocorre no colégio, onde os estudantes realizam uma prova de caráter eliminatório sobre diversos conhecimentos como: Física, Biologia, Química, História da Ciência. Na segunda etapa, os estudantes selecionados realizam uma prova de caráter classificatório, totalmente composta por questões discursivas.

Os representantes do João na ONC são: do 6º ano, Camila de Mattos Vieira Ferracini e Lorenzo Farina Alves; do 7º ano, Sofia Virti Coutinho; do 9º ano, Clarissa Lacerda Ferreira e Yasmim Schuck Bizarro; já na 1ª série, Bruno Ramos Veronez, Larissa Neumann Both, Luana Aita Isaia Kindel, Manuela Gerber Fontana e Sofia Figueiró Ferreira.

A Olimpíada Nacional de Ciências é uma realização de cinco Sociedades Científicas: a Sociedade Brasileira de Física (SBF), a Associação Brasileira de Química (ABQ), o Instituto Butantan, a Sociedade Astronômica Brasileira e a Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP).

Total
0
Share
Rolar para cima