Em junho, Conselho Deliberante debate a atualização do estatuto da Fundação Educacional João XXIII

Na terça-feira (29/06), o Conselho Deliberante da Fundação Educacional João XXIII realizou reunião, de forma on-line, em assembleia ordinária para apresentar as obras e melhorias realizadas nos espaços físicos do Colégio, os investimentos no setor de Tecnologia da Informação (TI) para a realização das aulas na modalidade híbrida e o andamento dos trabalhos do Projeto João 2023, com a atualização do estatuto. O evento contou com a participação de 49 pessoas entre conselheiros, representantes das Diretorias, profissionais de diversos setores, estudantes e famílias da Comunidade Escolar.

Na oportunidade, a Gerente Administrativo-financeira, Adriana Goytacaz, apresentou o status das obras e melhorias nos espaços físicos do Colégio, que foram realizadas através dos valores apontados no orçamento anual, bem como com as verbas do Fundo de Investimento. Também foi apresentado pela coordenadora de Tecnologia da Informação, Priscila Esteves, os valores investidos em equipamentos e reestruturação de TI no Colégio, principalmente, para a melhoria das transmissões das aulas no modelo híbrido e síncrono.

Para melhor atender as novas demandas, foi investido em TI: na implementação de rede wifi que foi definida a partir da análise e mapeamento das atividades de rede wireless “in loco” e suas especificidades; manutenção das licenças do Zoom para atender às demandas de aulas e reuniões pedagógicas, administrativas e da Fundação; upgrade de link dedicado com base em cálculo de transferência de dados; e na montagem de infraestrutura para transmissão das aulas virtuais em 25 salas de aula.

Adriana Goytacaz, em resposta a um questionamento da conselheira Eunice Kindel (Turma 1C), explicou sobre a origem dos valores investidos na compra dos equipamentos de sala de aula no modelo híbrido, como câmeras, microfones e HDs. “A gente contemplou no orçamento, e o que não foi contemplado foi através da busca pela inadimplência, bem como nas boas escolhas orçamentárias, renegociação de contratos com prestadores de serviços, sempre com olhar técnico e dedicado a cada situação, agindo com assertividade para oportunizar investimentos tão necessários para nossos estudantes”, salienta.

Também estava na pauta apresentar um panorama do trabalho realizado no Projeto João 2023, que foi criado após o planejamento estratégico da Fundação e visa definir e planejar o “futuro desejado” pelo Colégio até 2023, e também está vinculado ao Comitê de Governança. O comitê propôs a atualização do estatuto com o objetivo de contemplar questões que, até então, não tinham a devida visibilidade no documento, a respeito da erradicação de desigualdades e inclusão social e racial.

Segundo um dos integrantes do comitê, José Mario (Turma 3C), a atualização no documento faz parte de um amadurecimento da comunidade escolar e de boa parte da sociedade brasileira. “Achamos muito importante explicitar no estatuto para que a gente possa enquanto colégio ter uma linha de enfrentamento a todas essas formas de preconceitos, discriminação e opressão que estão muito vivas em nossa sociedade. Com essa atualização pretendemos reforçar o compromisso do João com uma educação verdadeiramente humanista, inclusiva e não-discriminatória“, afirma.

A Vice-diretora pedagógica, Rosane Rodriguez, compartilhou os movimentos que o Colégio vem fazendo para a ampliação gradativa da presencialidade. Afirmando que junho foi um marco, que completa dois meses de um trabalho em um sistema híbrido. Foi iniciado pela Educação Infantil em 28 de abril, no acolhimento às crianças para adaptação à presencialidade, estendendo para os Anos Iniciais de Ensino Fundamental e, depois, para o Núcleo da Juventude. Rosane também apresentou as projeções para o segundo semestre de 2021.

Ao final da reunião, a Diretora Financeira, Danielle Barcos Nunes, apresentou os descontos oferecidos pelo João XXIII aos novos conselheiros e os resultados preliminares do Desconto Solidário, que foi criado em 2020 para atender as demandas socioeconômicas da comunidade escolar e de novas famílias matriculadas em 2021.

As assembleias/reuniões do Conselho são abertas à comunidade e realizadas de forma ordinária na última terça-feira do mês, com início às 19h00min.

Total
0
Share
Rolar para cima